O tão esperado reboot de Gossip Girl terá um elenco muito mais diversificado, de acordo com o roteirista / produtor Joshua Safran.

A série original foi, por muitas vezes, criticada por sua falta de representação fora dos relacionamentos de heterossexuais e brancos.

Em recente entrevista durante o Vulture Festival, Safran prometeu corrigir isso quando o show finalmente retornar.


“Eu era o único roteirista gay durante todo o tempo que trabalhei lá [na série original]. Mesmo quando fui para escola particular em Nova York na década de 1990, a escola não necessariamente refletia o que estava em Gossip Girl. Então, desta vez, os protagonistas não serão brancos.

Tem muito conteúdo LGBT neste programa. Estamos lidando com o mundo do jeito que ele é agora, de onde a riqueza e o privilégio vem, e como lidar com isso. O que posso falar que tem uma reviravolta, e que tudo isso tem a ver com esse twist.”

Gossip Girl ainda não tem data de estreia, mas estará disponível no serviço de streaming HBO Max.