Agora que foi lançada há vários dias, as pessoas tiveram a chance de conferir a adaptação da Netflix da série de livros de The Witcher, do autor Andrzej Sapowski.

A série é estrelada por Henry Cavill (O Homem de Aço) como Geralt de Rivia, o bruxo do título. No mundo mágico de The Witcher, os bruxos têm acesso a vários gestos chamados sinais que produzem certos efeitos, e o próprio Cavill reclamou para ter mais deles no programa.

Felizmente, a reclamação do ator foi ouvida pela produtora de The Witcher, Lauren S. Hissrich.


“Eu realmente queria colocar isso lá, porque para mim o público deve saber que ele pode fazer essas coisas”, disse Cavill em entrevista à British GQ.

“Isso importava para mim, porque tudo faz parte de ser um bruxo.”

Mais por vir?

Embora não haja muitos sinais no programa, há alguns e diferentes momentos que realmente os enfatizam.

Há também várias cenas em que fica claro que ele usa poções e misturas, embora essas sejam menos prevalentes do que sinais. É possível que mais sinais apareçam na segunda temporada da série da Netflix.

A primeira temporada de The Witcher está disponível na Netflix.