ALERTA DE SPOILERS

Supernatural tirou algumas semanas de folga na 15ª temporada, apenas para retornar com um episódio que provou que Dean e Castiel realmente precisam fazer as pazes mais cedo ou mais tarde.

Dean passou a maior parte de “Last Call” lidando com um caso independente que envolveu um dueto com o vilão convidado Christian Kane, enquanto Castiel lidou com Sam acidentalmente se ferindo mais do que nunca ao tentar investigar a ferida quando atirou em Deus.


Castiel não conseguiu que Dean atendesse seu telefone quando ele acreditava que Sam estava morrendo, e enquanto isso era tecnicamente porque Dean estava ocupado com seus próprios problemas, não há sinal de que a brecha entre eles fique menor. Dean teria atendido a ligação de Castiel, mesmo se ele tivesse todo o tempo do mundo?

“Last Call” foi um passo na direção certa, quando Castiel voltou para tentar ajudar os Winchesters a se posicionarem contra Deus, e ele e Dean tiveram uma breve conversa.

Eles não estavam exatamente se sufocando com abraços ou mostrando a antiga amizade, mas estão fisicamente mais próximos do que antes.

No início da 15ª temporada, Misha Collins conversou com o CinemaBlend sobre o relacionamento tenso entre Dean e Cas, e suas palavras não sugerem uma reconciliação milagrosa.

“No momento, estamos filmando o episódio 8 e posso lhe dizer que a [relação] entre Cas e Dean continua sendo tensa até agora na temporada. É um problema que não foi resolvido.”

A 15ª temporada de Supernatural já está em exibição nos EUA. No Brasil, a série é transmitida pelo canal Warner.