Uma cena improvisada entre Norman Reedus (Daryl) e Cassady McClincy (Lydia) no episódio 4 da 10ª temporada de The Walking Dead deixou a atriz muito emocionada.

Depois que Lydia é encurralada e atacada por Margo, Alfred e Gage – em busca de vingança por assassinatos cometidos por sua mãe, a líder sussurrante Alpha – a maltratada Lydia se abre para Daryl sobre o pai que ela se lembrava ser abusivo.

“Meu pai me protegeu”, diz Lydia, chorando, e Daryl se senta e a puxa para perto para um abraço. Isso foi improvisado por Reedus, cujo personagem também vem de um ambiente abusivo.


O momento deixou McClincy emocionada, e ela teve, inclusive, que pausar as gravações para se recuperar, como foi revelado no último episódio de “The Walking Dead Facts and Easter Eggs”.

A 10ª temporada de The Walking Dead retorna com novos episódios em 23 de fevereiro de 2020.