ALERTA DE SPOILERS

Com a 8ª temporada de Arrow terminando logo após o crossover Crise nas Infinitas Terras, a transformação do Arqueiro Verde para o Espectro se tornou uma das maiores conclusões das 3 primeiras partes do evento.

Isso marca a estreia do Espectro em live action de maneira apropriada, dada a parte significativa do personagem nos quadrinhos de Marv Wolfman e George Pérez, no qual o crossover se baseia.


Em retrospecto, seu projeto Espectro homenageia o personagem de Oliver como um todo depois de ajudar a expandir o universo compartilhado da DCTV na CW.

Com Amell provavelmente não retornando para futuras aparições como esta versão de Oliver, a conclusão do crossover e os episódios restantes de Arrow serão a despedida do personagem.

Desde que Oliver passou o manto do Arqueiro Verde para sua filha Mia, faz sentido que seu traje final seja uma reminiscência de seu tempo como Arqueiro Esmeralda.

Traje que não agradou

Mas, por mais que seja uma homenagem ao papel de Oliver no Arrowverso, em termos de aparência, ele falha em capturar os visuais icônicos da roupa do Espectro.

Através da existência do personagem nos quadrinhos, o visual sempre foi um dos mais distintos do Universo DC.

No caso de Oliver, o figurino é mais dependente do que ele usava quando como o Arqueiro Verde do que faz ele sentir-se verdadeiramente o Espectro.

Embora a cor da capa seja uma homenagem aos esquemas de cores do Arqueiro Verde, também faz com que o design pareça barato e reutilizado, pelos padrões da Arrowverso.

Os dois episódios finais de Crise nas Infinitas Terras vão ao ar no dia 14 de janeiro.