Chefe comenta sobre possibilidade da Netflix exibir anúncios

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ano de 2020 marca uma forte guerra entre plataformas de streaming. A Netflix vê o Disney+ crescer e a HBO Max, da Warner, chegar.

Com isso, o mercado pode ficar dividido e os serviços podem encontrar novas maneiras de conseguir dinheiro. Para especialistas, uma solução básica é ter comerciais, como na TV.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na internet, o fato pode irritar os espectadores. A Netflix parece saber disso e o CEO Reed Hastings revelou recentemente que a plataforma quer ficar o mais distante possível do formato de anúncios.

Explicação da Netflix

A revelação foi feita na apresentação dos números do último período de 2019. A explicação é de que a Netflix também precisaria investir em pesquisas sobre o campo dos anúncios.

Além disso, com os anúncios, a Netflix poderia acabar competindo com empresas como Google, Facebook e Amazon. Por isso, o formato está descartado.

“Nós temos um modelo de negócios bem mais simples focado no streaming e no prazer do consumidor. Então, nós achamos que o nosso método pode nos dar maior receita, maior lucro, margem de mercado, porque não estamos expostos a algo que temos uma desvantagem estratégica, que são os anúncios digitais contra aqueles grandes três que nos próximos 10 anos vão integrar uma quantidade incrível de dados sobre todo mundo, que nós não temos e não estamos tentando ter acesso”, afirma Hastings.

Com isso, os fãs da Netflix podem continuar despreocupados. A plataforma deve seguir “limpa” de anunciantes, bem como as séries e filmes.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio