Série da Netflix supera Watchmen com apenas uma importante cena

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cuidado! Spoilers de Messiah, da Netflix.

Uma das grandes questões de Watchmen, da HBO, é explorar o que uma pessoa comum faria se tivesse os poderes de um Deus.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Isso acontece quando o Doutor Manhattan dá poderes para sua esposa, Angela, ao final da 1ª temporada de Watchmen. Porém, de acordo com o site CBR, a série Messiah da Netflix conseguiu explorar essa questão de forma mais interessante.

Al-Masih, o segundo Jesus

Ao final de Watchmen, Angela consome o ovo que vai transforma-la no “segundo Doutor Manhattan”, mas a temporada termina antes de revelar se Angela de fato se transformou, o que acabou deixando os fãs insatisfeitos.

Messiah, da Netflix, explora esse tema de uma forma bem diferente. Desde o primeiro episódio, Al-Masih/Payam demonstra que é especial, e a medida em que a série vai avançando, ele fica cada vez mais a vontade com seus poderes.

No final de tudo, Payam decide se exibir para o mundo e aceitar o seu papel como segundo Messias, caminhando nas águas em frente às câmeras para que todo o mundo veja.

Se em Watchmen Regina deseja esconder o legado dos Manhattan, pensando no bem maior e no perigo que isso poderia trazer, em Messiah, Payam abraça o seu destino e decide mudar o mundo.

Essas são formas diferentes de se explorar uma história, mas a abordagem escolhida por Messiah é de longe a mais recompensadora para o público.

Messiah está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio