The Walking Dead vai revisitar passado de Michonne

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

The Walking Dead revisitará o passado de Michonne como parte da história final de Danai Gurira, que confirmou sua saída da série na San Diego Comic-Con em julho passado. A assassina de zumbis com espadas foi vista pela última vez com o sobrevivente perdido Virgil (Kevin Carroll), que afirma que sua casa em uma base naval fortificada possui um esconderijo de armas necessárias para destruir a horda de zumbiz de Alpha (Samantha Morton).

Em troca de uma viagem para casa, reunindo-o com sua família, Virgil fornecerá a Michonne o poder de fogo necessário para vencer a Guerra dos Sussurros – se Michonne sobreviver aos perigos que ela enfrenta nessa missão arriscada.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O trailer mais recente de The Walking Dead mostra Michonne usando um truque antigo desde os primeiros dias do apocalipse, antes de Andrea (Laurie Holden) se tornar sua única companheira após a destruição da fazenda da família Greene na segunda temporada. Michonne pode ser vista liderando zumbis amarrados – suas mandíbulas e braços removidos para evitar mordidas e arranhões -, uma tática usada para camuflar-se dos zumbis itinerantes.

Na terceira temporada, Michonne usou zumbis neutralizados – os cadáveres reanimados de Mike (Aldis Hodge) e seu amigo Terry (Brandon Fobbs), que foram responsáveis ​​pela morte do jovem filho de Michonne, Andre – para proteger-se como uma viajante solitária. Michonne usa essa técnica novamente nos dias atuais, como evidenciado pelo penteado que ela adotou apenas na nona temporada, em algum momento durante o salto de seis anos que se seguiu à suposta morte de Rick Grimes (Andrew Lincoln).

Um trailer da segunda metade da décima temporada revelou que a história final de Michonne também envolverá um flashback dos primeiros dias do apocalipse, como sugerido por uma cena de Michonne encapuzada agachada perto dos “animais de estimação” Mike e Terry. Como os dreads de Michonne estão no estilo de antes do salto temporal, esse flashback se passa algum tempo antes dos eventos do terceiro episódio da terceira temporada, “Walk With Me”, onde Michonne foi forçada a abaixar suas escoltas para evitar ser descoberta pelo Governador (David Morrissey).

Retorno aos velhos tempos

Esse novo par de zumbis não será o único retorno à história de Michonne: sua história final lidará com a morte de Siddiq (Avi Nash), que foi assassinado por um espião Sussurrador enviado por Alpha para se infiltrar em Alexandria. Uma emocionada Michonne soube da morte de Siddiq no walkie-talkie no episódio “The World Before”, e foi a memória de Siddiq e Rick que, por fim, levou Michonne a confiar em Virgil por enquanto.

“Examinamos quais são algumas das jornadas que ela realizará, que têm ressonância na trama, mas também ressonância pessoal para ela”, disse a produtora Angela Kang ao Deadline.

“Além disso, Michonne está lutando com a morte de seu amigo, Siddiq. Ele estava tão relacionado com Carl (Chandler Riggs) e, depois da morte de Carl, acho que Siddiq assumiu muito significado, e isso definitivamente se encaixa em sua história daqui para frente.”

O episódio final do Rick de Lincoln também tocou no passado: um Rick gravemente ferido alucinado com os mortos Shane (Jon Bernthal), Hershel (Scott Wilson) e Sasha (Sonequa Martin-Green), com participações especiais feitas por estrelas passadas de The Walking Dead.

The Walking Dead retorna com novos episódios em 23 de fevereiro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio