A Netflix está tendo dificuldades na justiça por conta de Black Mirror: Bandersnatch (2018).

O serviço de streaming falhou em sua primeira tentativa de encerrar o processo de US$ 25 milhões feito pela Chooseco LLC, que publicou o livro “Escolha Sua Aventura”.

Plágio?

A empresa acusa a Netflix de copiar o formato de Escolha Sua Aventura, incorporando-o em Black Mirror: Bandersnatch.


Segundo o processo, a Netflix chegou a tentar comprar os direitos autorais do produto, mas acabou não conseguindo, criando Black Mirror: Bandersnatch mesmo assim.

O juiz William Sessions afirmou que Black Mirror: Bandersnatch é um trabalho artístico que surge baseado em Escolha Sua Aventura, considerando que há sim um espaço para a disputa legal de direitos autorais nesse caso.

Ele compara a estética anos 80 dos dois produtos, juntamente com a trama de “um protagonista que tenta transformar um livro ficcional em videogame”.

Bandersnatch foi uma das produções mais populares da Netflix. O especial interativo permite que os espectadores escolham rumos diferentes para a história, que entrega finais variados.

Black Mirror: Bandersnatch está disponível na Netflix.