Sandra Oh revelou que não teve o começo mais fácil em Hollywood. Parte disso aconteceu por conta do preconceito contra minorias, algo que o próprio agente da atriz de Grey’s Anatomy tocou diretamente com ela.

Em algumas entrevistas, a atriz contou que ouviu no começo de Grey’s Anatomy que só estava lá por conta de uma “cota asiática”. Na telinha, se destacou e ganhou o coração dos fãs por ser a melhor amiga de Meredith (Ellen Pompeo).

Como Cristina Yang, ganhou um Globo de Ouro e ainda recebeu outras indicações. Sandra Oh parecia estabelecida em Hollywood.


Mas, quando saiu da série de sucesso na 10ª temporada, Sandra Oh voltou a viver o mesmo drama. O agente da estrela chegou a dizer para ela, “volta para casa”, afirmando que a atriz não teria mais espaço em Hollywood.

“Ele me disse que já tinha outra atriz asiática no elenco dele e que ela não fazia um teste há 3 meses”, disse Sandra Oh para CBC.

Sandra Oh disse que com a situação começou a se inspirar nas atrizes negras, que representam a diversidade racial e étnica da indústria. “Elas são como eu, não exatamente, mas um pouco”, comparou a famosa.

Reviravolta

A nova virada na carreira de Sandra Oh aconteceu quando a famosa recebeu o convite para Killing Eve. A estrela não acreditou que seria a protagonista por tudo que já viveu em Hollywood.

“Quando meu agente me disse, ‘Você é Eve’, eu simplesmente não conseguia acreditar”, declarou a atriz no Jimmy Kimmel Live!.

Em apenas duas temporadas, Killing Eve já rendeu a Sandra Oh uma indicação ao Emmy de Melhor Atriz. A famosa foi a primeira artista de origem asiática a ser indicada ao troféu.

Atualmente, Killing Eve está renovada para 3ª temporada, que chega em 26 de abril. No Brasil, a série com Sandra Oh é disponibilizada no Globoplay.

Ao mesmo tempo, a atriz segue amada em Grey’s Anatomy, onde sempre é lembrada (veja mais aqui). A série está em exibição da 16ª temporada no canal Sony.