ALERTA DE SPOILERS

Will Byers pode não ter tido muito tempo de tela na primeira temporada de Stranger Things, mas ele desempenhou um papel central na narrativa, permitindo que as temporadas seguintes explorassem mais sobre seu personagem.

A sexualidade de Will

Na temporada mais recente, Mike, de Finn Wolfhard, afirmou que Will “não gostava de garotas” durante um encontro tenso, provocando especulações de que essa era a confirmação de que Will era gay.


Apesar disso, o próprio ator Noah Schnapp observa que acha que a sexualidade do personagem está em aberto no momento para a audiência para decidir.

Ele também apontou que esse diálogo não significa necessariamente que o personagem é gay, mas também pode significar que ele era assexual, pois seu tempo no Mundo Invertido atrapalhou sua maturidade.

“Não há nada definido. Depende do público, e acho que [os criadores Matt e Ross Duffer] fizeram isso de propósito”, compartilhou Schnapp com o Hollywood Reporter.

“Algumas pessoas percebem que Will pode ser gay, assexual ou o que for. Ou, como eu vejo, ele ficou preso no Mundo Invertido e ficou fora por tanto tempo que todos os seus amigos começaram a crescer enquanto ele estava em outro mundo.

Quando ele voltou, todos estavam crescidos, e ele ainda era um garotinho que ainda queria fazer coisas de garotinho, como jogar D&D. Ele não estava pronto para enfrentar essa maturidade e entrar em relacionamentos. Eu acho que é o que Will está passando agora.”

A 4ª temporada de Stranger Things chega ainda em 2020 na Netflix.