Stranger Things não deve revelar a verdade sobre Jim Hopper até a 4ª temporada. Atualmente, o personagem é tratado como morto pela produção e elenco.

No entanto, há muitos indícios de que Hopper não morreu e conseguiu escapar da explosão ao final da 3ª temporada. Uma teoria, que usa essa premissa, acredita que a suposta morte do xerife faz parte de um plano ambicioso.

Como a morte é parte do plano?

Quando Hopper e Joyce chegaram até a casa de Murray, eles ligaram para o Dr. Sam Owens para ajudar a derrubar o laboratório russo em Hawkins. Aos poucos, o contato provou que realmente era de confiança.


Uma teoria do TV Line afirma que Owens e Hopper tiveram um plano, só deles, para derrubar de vez os russos. Para o autor, a morte de Hopper faz os inimigos desistirem de procurar por Joyce e/ou Eleven, porque assim não teriam motivos de se vingar dele – uma vez que o xerife é o responsável por destruir os planos deles.

Seria com essa intenção que Hopper consegue deixar a cena da explosão. Vale notar que o corpo dele não foi encontrado ao final da 3ª temporada de Stranger Things.

O furo da teoria, porém, é que seria difícil Owens e Hopper saberem sobre saídas diferentes do laboratório. O que pode explicar isso é que o xerife sabia que poderia ter outro destino trágico caso saísse com o seu grupo das bases russas.

De qualquer forma, o destino de Hopper, assim, pode não ser a morte e nem o Mundo Invertido, como citam teorias. Pode ser que o xerife esteja apenas escondido, vigiando de longe Eleven e outros personagens. 

Para saber se a teoria se concretizará, os fãs precisam esperar para a 4ª temporada de Stranger Things, confirmada na Netflix, mas sem previsão de estreia confirmada.