A briga judicial pelos direitos de The Walking Dead continua sendo travada nos tribunais de Los Angeles.

Nesta semana, uma audiência continuará a discussão entre Robert Kirkman, criador dos quadrinhos, e a AMC, canal que exibe a série de The Walking Dead.

Processo complicado

No processo, Robert Kirkman e outros ex-produtores de The Walking Dead, como Glen Mazzara, David Alper e Gale Anne Hurd, reivindicam milhões de dólares da AMC, que afirma que pagou a todos corretamente.


O grande problema gerado por The Walking Dead é o fato de a série ser produzida pela própria AMC e não por um estúdio externo, como aconteceu com Breaking Bad, por exemplo.

Assim, o dinheiro que iria para outro estúdio acabou indo para os produtores da série, que contestam a quantia atualmente, acreditando que ela foi bem abaixo do que o esperado.

A produtora Gale Anne Hurd alegou em um testemunho que a AMC prometeu tratar os produtores de The Walking Dead dando a mesma quantia que seria dada a estúdios como a Sony e a Lionsgate. Segundo ela, o trato estabelecido em 2009 não foi cumprido.

A 10ª temporada de The Walking Dead retorna em 23 de fevereiro.