Depois de previsão otimista, coronavírus pode prejudicar a Netflix

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao contrário do que havia sido apontado anteriormente, parece que o coronavírus pode ser muito ruim para a Netflix.

Em entrevista ao Yahoo! Finanças, Laura Martin, analista da Needham, projetou que as ações do serviço de streaming terão um desempenho pior do que havia sido previsto porque, apesar de os assinantes passarem mais horas assistindo conteúdo, isso é irrelevante para os negócios da empresa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Netflix não ganha mais ou menos dinheiro com horas de conteúdo assistido, mas sim com assinaturas, e a ameaça de perder vários assinantes internacionais por causa do coronavírus é muito grande.

“A Netflix cobra um preço fixo, independentemente de quantas horas são assistidas. Mais horas de visualização de assinantes já existentes não são monetizadas pela Netflix”, contou.

Ruim para os negócios

Martin explicou que a Netflix é um item de luxo, não uma necessidade, e os usuários na Europa e em outros mercados internacionais podem optar por reduzir seus luxos enquanto ficam em casa longe do trabalho.

“A Itália acabou de colocar o país inteiro em quarentena, implicando que milhões de funcionários de viagens não vão trabalhar ou receber salários, e as viagens em todo o mundo caíram vertiginosamente. Como a Netflix é um item de luxo, assumimos que a receita no exterior vai diminuir até que o surto de coronavírus acabe.”

Representantes da Netflix não fizeram nenhum comunicado abordando a situação.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio