Publicidade

Série da Netflix baseada em chocante crime real deve ganhar continuação, diz criador

Publicado por Victor Carvalho

03/03/2020 14:36

Brian Knappenberger entrou em um tribunal de Los Angeles em 2018 para documentar a história angustiante de um garoto que morreu após sofrer desnutrição, tortura e abuso. Gabriel Fernandez tinha apenas 8 anos quando morreu; sua mãe, Pearl Fernandez, e seu namorado, Isauro Aguirre, foram condenados por torturá-lo e assassiná-lo.

Mas o caso não era tão simples quanto tudo isso, Knappenberger descobriu. Sua série de seis episódios, The Trials of Gabriel Hernandez, estreou no dia 26 de fevereiro na Netflix, e Knappenberger contou à EW que ainda há muito mais no caso que ele gostaria de explorar.

Duas peças principais do quebra-cabeça que ele sentia desaparecerem foram as vozes de Pearl Fernandez e Aguirre. Knappenberger revelou que deu a eles um número de telefone especial onde eles poderiam alcançá-lo, mas eles nunca ligaram.

Ele espera que, com a série documental da Netflix lançada agora, um ou ambos cheguem a público.

Fernandez e Aguirre estão atualmente presos por seus crimes contra Gabriel. Fernandez cumpre pena de prisão perpétua sem possibilidade de liberdade condicional, e Aguirre está no corredor da morte na Prisão Estadual de San Quentin, onde a última vez que um prisioneiro foi morto foi em 2006.

Sequência pode acontecer

“Sim, ainda quero ouvir notícias deles. Não é como se tivéssemos criado essa série e agora vamos para a próxima coisa, seguindo adiante com nossas vidas. Isso é algo que está alojado no coração de todos que trabalharam nela. Parte disso é um mistério. Quem são essas pessoas? Como isso aconteceu? Por que a vida desse garoto foi tirada assim? Ainda existem tantas perguntas sem resposta. Então, se eles quisessem falar comigo, eu absolutamente conversaria com eles.”

The Trials of Gabriel Hernandez está disponível na Netflix.

Publicidade