Chefe de Grey’s Anatomy explica aparição de George O’Malley em último episódio

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

ALERTA DE SPOILERS

A temporada 16 de Grey’s Anatomy terminou quatro episódios mais cedo do que o planejado devido a pandemia do coronavírus, que interrompeu as produções.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Felizmente, o episódio que foi filmado antes de tudo terminar, na verdade parecia o fim da temporada, mesmo que não fosse para ser assim.

Uma das coisas doces que você pode não ter percebido é a pequena referência para George O’Malley, e algo que aconteceu há muito tempo na segunda temporada.

Se você voltar a pensar, saberá que Miranda Bailey não queria dar à luz sem o marido, mas George a convenceu a seguir em frente.

Agora, muitos anos depois, é Bailey que está fazendo a mesma coisa no lugar de George, ajudando Amelia a ter seu bebê.

Referência emocionante

A showrunner Krista Vernoff conversou com a Variety sobre o episódio, revelando quem era o responsável pela referência tão antiga.

“Eu tenho que dar crédito à nossa escritora Meg Marinis pelo maravilhoso momento em que Bailey se deita com Amelia.

Toda vez que assisto, caio em lágrimas espontâneas. É o círculo completo do clube da gravidez, mas também é o retorno da segunda temporada e George e Bailey. Isso apenas traz toda essa nostalgia.

E isso foi sugerido por Meg Marinis, que está no programa desde a segunda temporada. Ela era assistente, nossa pesquisadora médica por anos, depois escritora e agora é produtora executiva.

Ela está conosco há 15 temporadas, e quando ela lançou, caímos em lágrimas. É apenas um daqueles momentos. Acho que apenas Meg poderia ter feito esse discurso. Ela está lá desde o começo e tudo foi um círculo completo. Tão bonito.”

Grey’s Anatomy é exibida no Brasil pelo canal pago Sony.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio