ALERTA DE SPOILERS

O produtor executivo do Chicago Fire, Derek Haas, provocou “abalos” na próxima temporada, e um já está acontecendo.

Saída

Quando o programa voltar para a 9ª temporada, Annie Ilonzeh e sua personagem, Emily Foster, não serão membros do Firehouse 51


Ilonzeh está saindo depois de aparecer apenas em duas temporadas na série. Ela se juntou à família Chicago Fire no início da 7ª temporada para interpretar Emily, uma nova paramédica confiante que era estudante de medicina.

Ela foi originalmente contratada como uma estrela recorrente, mas foi promovida ao elenco regular antes da 7ª temporada começar ser gravada.

Na 8ª temporada, ela optou por se candidatar novamente à faculdade de medicina e foi vista fazendo um discurso no comitê de admissão da Northwestern University, dando a Emily uma porta para deixar o programa.

O episódio “51’s Original Bell”, acabou sendo o final da 8ª temporada, uma vez que a produção foi interrompida no mês passado devido à pandemia de coronavírus.

Antes do episódio ser exibido, Haas disse ao Entertainment Tonight que o episódio estava preparando o cenário para “mudanças”, mesmo que não tenha sido originalmente escrito como final.

“Estávamos cinco dias filmando o episódio, quando descobrimos que seria o último da temporada. Felizmente, geralmente temos um ou dois cliffhangers em um episódio, então este deu certo.”

Mesmo que o final da 8ª temporada de Chicago Fire tenha deixado histórias inacabadas, o programa já foi renovado por mais três temporadas.

Isso deu a Haas e sua equipe algum espaço para respirar, já que eles podem mapear o futuro dos personagens.

Os episódios de Chicago Fire são exibidos no Brasil pelo canal Universal.