Toda grande série de TV tem um mistério sem resposta. Com The Walking Dead não é diferente.

No caso da série de zumbis, o grande mistério é sobre a origem do apocalipse. A trama nunca deixa claro como o vírus zumbi começou e onde ele surgiu.

Recentemente, no Twitter, Robert Kirkman deu uma resposta sobre o mistério de The Walking Dead. Como havia indicado antes, era algo que poderia ser considerado “idiota” pelos fãs.


O criador de The Walking Dead revelou que esporos espaciais começaram o vírus zumbi na série. Agora, Kirkman voltou atrás – novamente no Twitter.

O chefe do seriado pegou o link de uma notícia trazendo a revelação e avisou aos fãs sobre a piada dele:

“Primeiro, o tuíte mencionado é antigo e foi deletado! Segundo, foi uma piada! Eu nunca revelaria algo assim num tuíte”, esclareceu o criador de The Walking Dead.

Confira abaixo.

Revelação fazia sentido

Apesar de dizer agora que é uma piada, a revelação faria sentido em The Walking Dead. A resposta carregava referência de outro projeto de Kirkman.

O escritor quase produziu uma sequência de A Noite dos Mortos Vivos, de 1968. Na história, os cientistas descobririam que a volta dos cadáveres estava ligada a um objeto vindo do espaço.

Dessa forma, muitos imaginaram que pudesse ser uma homenagem para essa outra ideia.

De qualquer forma, o próprio Kirkman declarou que o mistério nunca será o foco de The Walking Dead. Assim, a série não tem pressa em responder a pergunta.

The Walking Dead está renovada para a 11ª temporada.

Porém, a série ainda precisa exibir o episódio final da 10ª temporada – em hiato por causa do coronavírus (COVID-19). No Brasil, a exibição é da Fox.