Kurt Sutter, o criador de Sons of Anarchy, tem sido um livro aberto durante a pandemia de coronavírus.

Enquanto está em quarentena, Kurt hospeda várias sessões de perguntas e respostas no Twitter, o que tem sido algo muito bem-vindo para os fãs leais da série.

Ele abordou muitos dos maiores momentos da série em seu último fórum na terça-feira. Kurt foi questionado sobre a estrela da série, Jax Teller, e por que seu destino foi a morte.


A morte de Jax

A pessoa que fez a pergunta questionou se sua decisão tinha a ver ou não com o que aconteceu com Tara no final da sexta temporada.

“Acho que muitas coisas foram levadas em conta nessa decisão fatídica. Tara, Gemma, seu pai, o clube…

Mas, principalmente, era sobre o fim da linhagem de Tellers associada à vida fora da lei. O caos teve que terminar com ele. Ele não queria que seus filhos seguissem seu caminho.”

Ele então tomou outro tweet para completar sua resposta, na qual compartilhou que seus filhos, Abel e Thomas, eram um fator importante.

Jax não queria que eles fizessem parte do estilo de vida das gangues de motociclistas e queria que seguissem seus próprios caminhos.

“Foi por isso que ele disse a Wendy para dizer aos meninos que ele era um monstro. Um assassino. Ele nunca quis que eles romantizassem a vida do jeito que ele fazia.

Ele queria que Abel e Thomas criassem um novo ramo na árvore genealógica Teller. Um ramo honesto e pacífico.”

Em Sons of Anarchy, uma gangue de motoqueiros segue suas próprias leis e comanda, por debaixo dos panos, o tráfico de armas na região da aparentemente pacata da cidade de Charming, protegendo-a contra forasteiros hostis.