Emissora recebe reclamações inusitadas sobre The Walking Dead

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos últimos três anos, alguns espectadores de The Walking Dead reclamaram com a Federal Communications Commission (FCC) sobre o conteúdo da série.

O Observer fez uma à agência e obteve 28 páginas de reclamações da FCC sobre The Walking Dead que vão de 1º de janeiro de 2017 a 1º de fevereiro de 2020.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As queixas abrangem vários fatores relacionados ao programa, incluindo sua violência, gore, linguagem e até satanismo.

Reclamações

Um espectador fez uma exceção especial ao vilão Negan atacando oponentes com sua arma de assinatura, um taco de beisebol enrolado em arame farpado.

“Observar seres humanos golpeando sobre a cabeça com um taco de basebol com arame farpado repetidamente é simplesmente horrível.

Aqui estou dias depois e ainda enlouqueci com o que vi, não consigo apagar a imagem da minha memória. Era horrível.”

Outros telespectadores se opuseram às prévias de The Walking Dead que apareceram em outros canais.

Um morador do Texas chamou um comercial exibido na TV Land e na The Food Network de “uma representação nojenta que acredito ser inadequada para os programas matinais.”

Várias palavrões que foram usadas no programa também foram citados, com um espectador do Michigan fazendo uma lista de termos questionáveis ​​que eram “comuns demais nesta série”.

Um morador da Geórgia até chamou o programa de “satânico”: “Estou registrando uma enorme queixa contra a violência que estava em exibição em The Walking Dead no ano passado.

O programa cruzou a linha satânica em relação à violência máxima”, dizia a queixa. “Vocês todos devem ter vergonha e podem ter piedade de suas almas.”

The Walking Dead é exibida no Brasil pelo canal pago FOX.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio