Grey’s Anatomy revela como realmente seria o final da 16ª temporada

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

ALERTA DE SPOILERS

Devido a pandemia de coronavírus, praticamente todas as produções, sejam elas de cinema ou séries, tiveram que ser interrompidas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um dos programas afetados foi Grey’s Anatomy, que teve que terminar sua 16ª temporada no episódio 21, deixando 4 episódios para trás.

Segundo a showrunner Krista Vernoff, estes episódios trariam algumas histórias muito importantes, e ela pretende trabalha-los na temporada 17.

Histórias não contadas

Em entrevista ao Deadline, Vernoff descreveu duas tramas que os espectadores veriam acontecer: uma história que teria explorado por que Teddy Altman traiu Owen Hunt, e uma envolvendo Andrew DeLuca revisitando o caso de tráfico de seres humanos.

“Tivemos um episódio em que fomos capazes de articular e entender melhor o que está motivando o comportamento de Teddy, e não conseguimos transmiti-lo.

Quem sabe, talvez isso mude entre agora e quando vamos filmar na temporada 17. A deixamos em um lugar estranho. É convincente.

Por que, quando ela finalmente conseguiu seu final feliz, ela sabotou o relacionamento? Eu acho que é um super área rica, pessoalmente.

A outra história que fiquei realmente desapontada por não termos conseguido concluir… fizemos uma história em que houve uma vítima de tráfico de seres humanos.

DeLuca reconheceu isso, mas ele estava em um estado mental tão comprometido e maníaco, e declarou que ninguém o ouviu e a garota foi embora.

Tivemos um episódio em que ela volta, e estou realmente triste por não podermos transmitir esse episódio nesta temporada

Parecia importante oferecer esse tipo de esperança às pessoas que vivem essa experiência. Ainda posso completar essa história na próxima temporada.”

Grey’s Anatomy é exibida no Brasil pelo canal pago Sony.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio