Segundo a NNA um grupo de manifestantes libaneses fecharam um banco na cidade de Tiro como sinal de desobediência civil.

La Casa de Papel

O grupo manteve os funcionários dentro do banco como reféns, enquanto se vestiam como personagens de La Casa De Papel.

Ao fecharem o banco, penduraram placas no portão de entrada dizendo: “Em nome do povo libanês e de minha mãe, essa agência foi fechada até que Deus decidisse de maneira diferente (até novo aviso)”.


O grupo de manifestantes esclareceu em sua declaração que “o que foi levado pela força não é recuperado sem força”, referindo-se à recusa dos bancos em dar aos depositantes seu dinheiro em dólares.

Influenciados pela popular série da Netflix, eles mantiveram os funcionários e o gerente do banco por mais de uma hora como reféns.

O banco reabriu e os reféns foram libertados após a chegada das forças de segurança ao local.

Os policiais, juntamente com o grupo de manifestantes, trabalharam com diálogo para resolverem o problema.

La Casa de Papel

“Um grupo de nove ladrões, liderados por um Professor, prepara o roubo do século na Casa da Moeda da Espanha.

O objetivo dessa missão é fabricar o próprio dinheiro em quantidades incalculáveis e nunca antes vista”, diz a sinopse da série.

Já na quarta temporada, o grupo dessa vez precisa dar sequência assalto no impenetrável Banco Nacional da Espanha, que acabou não dando muito certo.

As quatro temporadas de La Casa de Papel estão disponíveis para todos os assinantes da Netflix.

https://www.instagram.com/p/B7R0p6jJKdB/?utm_source=ig_embed