No episódio “Death and the Serpent” (Morte e a Serpente), fãs de Vikings presenciaram a morte mais chocante da saga. Lagertha foi assassinada por Hvitserk, um dos filhos de Ragnar.

Desde o início da temporada final de Vikings, Hvitserk sofre com sintomas de estresse pós-traumático e é assombrado pelas memórias de Thora, sua amante morta por Ivar.

Em meio a uma terrível alucinação, Hvitserk enxerga uma grande serpente no lugar de Lagertha, e acaba ferindo mortalmente a guerreira. O filho de Ragnar deixa a cena do crime, confirmando a profecia do Vidente e possibilitando a entrada de Lagertha aos salões de Valhalla.


Em “The Ice Maiden”, o povo de Kattegat acompanha o funeral da guerreira, e Bjorn faz um dos discursos mais emocionantes da série até hoje. O momento é repleto de emoção e tristeza, e já pode ser considerado um dos pontos mais altos da temporada final de Vikings.

A resistência de Lagertha

Em entrevista ao site TV Line, a intérprete de Lagertha contou que os roteiristas de Vikings não queriam matar a personagem na temporada final. Porém, Katheryn Winnick lutou por um final épico e trágico para sua personagem. A atriz queria que a morte de Lagertha partisse o coração dos fãs, e foi exatamente isso que aconteceu.

“A Lagertha não é imortal! Ela sobreviveu por muito tempo e merecia um final à altura que correspondesse à sua vida como guerreira”, contou Winnick.

O último episódio de Lagertha conta com uma épica luta entre a personagem e White Hair, o invasor de sua vila.

Originalmente, Lagertha só participaria de duas ou três temporadas de Vikings, pelo fato da série ser “voltada para o público masculino e concentrada na história de Ragnar e seus filhos”. Porém, a personagem fez tanto sucesso com os fãs que foi mantida até a temporada final.

Vikings é exibida no Brasil pela Fox Premium 2 e está em sua temporada final.

A série deve retornar no final do ano para a exibição de seus últimos episódios.