Publicidade

Real motivo para saída de [SPOILER] de NCIS é revelado

Publicado por Alemão

09/04/2020 13:01

Em um episódio da 4ª temporada de NCIS, o agente especial sênior Timothy McGee (Sean Murray) encontrou sua vida familiar entrando em um conflito muito desconfortável com seu trabalho quando sua irmã mais nova, Sarah (Troian Bellisario), veio até ele preocupada que ela tivesse acidentalmente assassinado seu ex-namorado.

McGee tentou inicialmente manter o crime silencioso enquanto investigava, mas eventualmente seus colegas foram capazes de ajudar a provar que Sarah era inocente.

Esta foi a segunda aparição de Sarah no programa, pois ela também foi vista brevemente em um episódio durante a segunda temporada.  Mesmo nesses momentos fugazes, ficou claro que Tim e Sarah estavam próximos.

Ela confia nele o suficiente para confessar que possivelmente matou um oficial da Marinha, embora seu trabalho seja capturar assassinos de oficiais, e ele colocou toda a sua carreira em risco para ajudá-la.

No entanto, esse episódio marcou a última vez – até hoje – que Sarah apareceu em NCIS. Algo está acontecendo nos bastidores? Aqui está a verdadeira razão pela qual não vemos mais a irmã de McGee na série.

Laços familiares

O sobrenome Bellisario pode ser familiar para fãs de NCIS. Don Bellisario é uma lenda da TV que criou grandes sucessos, incluindo Magnum, P.I., Quantum Leap e JAG – e lançou NCIS como um spin-off de JAG em 2003.

Troian Bellisario é filha de Don com sua terceira esposa, Deborah Pratt, e também interpretou um personagem diferente em um episódio de JAG.

Ela não é o único membro do elenco do NCIS com laços familiares com Don. Don e Pratt se divorciaram em 1991 e, em 1998, ele se casou com Vivienne Lee.

Lee já tinha dois filhos: Chad Murray, que trabalhou como produtor em JAG, NCIS e NCIS: Los Angeles; e Sean Murray. Sim, assim como seus personagens, Sean e Sarah são irmãos na vida real.

Dadas todas essas conexões familiares, você pensaria que Troian Bellisario, como seu meio-irmão Sean Murray, participaria regularmente de NCIS.

E esse pode ter sido o plano original, mas a verdade não contada do NCIS é que, em 2007, um ano após o segundo episódio de Troian, Don foi demitido do programa que ele criou.

Supostamente, o astro Mark Harmon não gostou do seu estilo de gestão e, após uma série de desentendimentos, a CBS escolheu Harmon em vez de Don Bellisario.

Apesar de seus laços familiares dentro e fora da tela, talvez Troian não se sentisse confortável trabalhando em um programa que causou tanta dor ao pai.

Carreira de sucesso

Ela pode ter recebido uma pequena ajuda de seu pai famoso e bem conectado nos primeiros dias, mas Troian Bellisario construiu uma carreira por conta própria também.

Se você já sabe o nome dela, provavelmente é graças ao seu papel principal na série de drama adolescente Pretty Little Liars. O show colocou Bellisario e suas co-estrelas Shay Mitchell, Lucy Hale e Ashley Benson em trajetórias de super-estrelas.

A vida pessoal de Bellisario também tem sido movimentada. Em 2014, ela ficou noiva do ator Patrick J. Adams, que você pode reconhecer como astronauta John Glenn em The Right Stuff, da National Geographic.

Bellisario teve até uma participação breve, mas significativa, em alguns episódios de Suits em 2015, interpretando o antigo interesse amoroso de Ross.

As coisas estão muito mais felizes para o casal na vida real. Bellisario e Adams se casaram em dezembro de 2016 e ela deu à luz sua filha em 2018.

Desde então, ela apareceu em algumas séries, e atuará neste ano ao lado de Patrick Dempsey, de Grey’s Anatomy, no próximo drama político da CBS, Ways & Means, como uma congressista democrata otimista que trabalha para consertar o sistema.

Seria legal ver mais tramas de irmãos no NCIS, mas o que Bellisario fez desde então prova que ela não precisa do sobrenome para deixar sua marca.

NCIS é exibida no Brasil pelo canal pago AXN.

Publicidade