Publicidade

Sheldon quebrou regra do próprio contrato em The Big Bang Theory; veja

Publicado por Victor Carvalho

24/04/2020 16:23

Viver com colegas de quarto é uma parte frequentemente necessária e muitas vezes cansativa da vida. Uma boa comunicação e limites estabelecidos e respeitados são as chaves para a coabitação pacífica – algo que os personagens do mega sucesso The Big Bang Theory conhecem bem.

Na verdade, Sheldon Cooper (Jim Parsons) está tão comprometido em fazer com que ele e seu colega de quarto, Leonard Hofstadter (Johnny Galecki), se deem bem que ele cria um Acordo de Companheiros de Quarto, ao qual os dois devem aderir. Este documento descreve uma série de regras que os amigos devem seguir enquanto moram juntos e, embora muitas delas sejam produtos da megalomania de Sheldon, Leonard segue isso mesmo assim.

Leonard e Sheldon seguem o Acordo de Companheiros de Quarto… mas nem sempre. Dado que The Big Bang Theory durou doze temporadas, não surpreende que mais do que algumas regras tenham sido quebradas ao longo dos anos.

Algumas infrações foram mínimas e fáceis de serem quebradas, mas houve uma cometida pelo próprio Sheldon que foi grande demais para ignorar. Aqui está a violação mais flagrante do Acordo de Companheiros de Quarto em The Big Bang Theory.

Sheldon fica louco por gatos em The Big Bang Theory

A quebra de contrato que mais nos surpreendeu ocorreu no episódio da quarta temporada, “The Zazzy Substitution”. Neste ponto da narrativa de The Big Bang Theory, Sheldon e Amy (Mayim Bialik) começaram a namorar, embora Sheldon ainda não esteja se referindo a ela como namorada.

A falta de relacionamento deles fica ainda menos séria no meio do episódio, quando os dois terminam depois que Amy (uma neurobióloga) se refere à física (área de especialização de Sheldon) como uma ciência menor. Embora ele insista que a divisão não é grande coisa, logo fica claro que Sheldon está reprimindo alguns sentimentos sérios sobre a situação.

É óbvio que tudo está errado quando Leonard chega em casa e descobre que Sheldon adotou um gato. Um gato se transforma em sete gatos e, antes que alguém possa detê-lo, Sheldon acaba com 25 felinos.

Nesse ponto, Leonard chama a mãe de Sheldon, Mary (Laurie Metcalf), para tirá-lo disso.

No entanto, Leonard não precisava chamar a mãe de Sheldon para resolver esse problema – ele poderia ter usado o decreto de Sheldon contra ele. O episódio da terceira temporada “The Plimpton Stimulation” faz referência a uma regra do Acordo de Companheiros de Quarto que proíbe todos os animais de estimação (exceto animais de serviço) do apartamento.

Sheldon já estava violando o acordo com o primeiro gato pós-separação que ele trouxe para casa; quando ele apresentou 25 amigos peludos ao apartamento, sua quebra de regra se tornou flagrante.

No Brasil, The Big Bang Theory está disponível no Globoplay.

Publicidade