Treta! Ator culpa colega de elenco por sua morte em The Walking Dead

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com o final da décima temporada adiado devido à pandemia do coronavírus, The Walking Dead está deixando os fãs com tempo de sobra para a criação de teorias sobre as futuras tramas, como a do retorno de Maggie.

Na série, Lauren Cohan e sua personagem Maggie saíram na metade da nona temporada, após vários enredos que dividiram a opinião dos fãs.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Maggie não morreu, e a atriz confirmou que retornará para a série em um futuro próximo. Mesmo assim, até hoje um ator de The Walking Dead afirma que a saída da atriz prejudicou a trama da morte de seu personagem.

Confira abaixo!

Confusão 

Em The Walking Dead, Xander Berkeley interpretou Gregory, um personagem odiado por grande parte dos fãs por sua total covardia.

Introduzido na sexta temporada, Gregory sela seu destino ao ameaçar Maggie com uma faca. Pelo ato impensado, ele é enforcado pela líder de Hilltop.

De acordo com Berkeley, a morte de Gregory foi prejudicada pela trama da saída de Maggie e outros acontecimentos da série.

“Eu só acho que eles enfiaram a cena em um episódio da nona temporada que já tinha muita coisa acontecendo. Eles não saborearam o momento como deveria ter sido”, opinou o ator.

Berkeley também afirmou que o ato que levou à morte de Gregory não fez muito sentido com a personalidade do personagem.

“Eu não engoli que o Gregory puxaria uma faca para a Maggie. Queria que tivesse sido como nas HQs, onde ele tenta envenená-la. Por qualquer razão, eles decidiram apressar tudo. Eu acho que como a Lauren estava deixando a série, eles tiveram que correr e se livrar do Gregory para estabelecer a Maggie como líder de Hilltop”, contou o ator.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio