Agents of SHIELD finalmente está de volta, e a temporada final está levando a equipe em uma missão de viagem no tempo para parar os Chromicoms. Entre viagens no tempo, estrelas convidadas e um robótico Coulson, há muito o que esperar na temporada final, mas certamente é agridoce dizer adeus a uma série querida.

Recentemente, Chloe Bennet (Daisy Johnson/Quake) conversou com a Playboy sobre a temporada final e compartilhou algumas ideias sobre a vida em quarentena. De fato, quando a Playboy perguntou como ela estava “lidando com a situação de quarentena”, Bennet fez uma comparação com a série da Marvel.

“Estou apenas fazendo o melhor que posso. Acordo, entro em pânico, tomo café da manhã, entro em pânico. Navego pelo Instagram, entro em pânico. Tento registrar em diário e fazer algo saudável, entro em pânico. Acho que isso é normal”, contou.


Preparada para tudo

“Faço quebra-cabeças agora – como um quebra-cabeça de mil peças. E honestamente é mais difícil do que eu pensava. Só estou tentando não entrar em pânico pelo fato de ter entrado em pânico, e acho que essa foi a melhor maneira de fazê-lo. Mas, honestamente, sete temporadas me prepararam para algo assim. Parece que estamos vivendo um episódio de Agents of SHIELD da vida real, por sorte estou relativamente acostumada a isso”, acrescentou.

A atriz também falou sobre encerrar a série e como “me levou esse tempo todo em quarentena para chegar a um acordo com isso”. Ela também falou sobre como interpretar Quake era “fisicamente desgastante” e que ela não sente falta desse aspecto do trabalho.

“Não vou mentir: foi bom não se mexer tanto em quarentena. Nós trabalhamos num ritmo tão rápido. Mas isso me deixou preparada para qualquer coisa. Sinto que poderia atuar em qualquer filme”, concluiu.

A sétima e última temporada de Agents of SHIELD está em exibição nos Estados Unidos.