A ex-atriz de The Walking Dead Madison Lintz não esperava sair do programa no início da segunda temporada porque sua personagem, Sophia Peletier, ainda estava viva nos quadrinhos do criador Robert Kirkman. Filha única de Carol (Melissa McBride) e seu marido abusivo Ed (Adam Minarovich), Sophia desapareceu na estreia da segunda temporada, “What Lies Ahead”, onde fugiu de uma horda de zumbis que passavam por uma estrada bloqueada.

Apesar das buscas realizadas por Rick Grimes (Andrew Lincoln) e Daryl Dixon (Norman Reedus), Sophia não retornou até o episódio do meio da segunda temporada, “Pretty Much Dead Already”, onde uma Sophia zumbificada foi descoberta ao lado de outros zumbis do celeiro do fazendeiro Hershel (Scott Wilson).

Morte chocante

“Sinceramente, pensei que apareceria mais na segunda temporada. Pensei que não iria morrer, porque ainda estava viva nos quadrinhos”, disse Lintz ao podcast Talk Dead to Me da Skybound.


“Para mim, tudo estava totalmente bem. E então a produtora Gale Anne Hurd acabou ligando para minha mãe cerca de um mês antes de eu filmar a cena e nos contou as notícias, e é claro que foi muito triste porque esse programa era tão incrível de se assistir.”

“Hurd realmente nos explicou a influência emocional que isso teria, e então eu estava obviamente triste, mas muito animada em gravar essa cena”, Lintz lembrou.

“Então eu entendi por que eles fizeram isso.”

Lintz acrescentou: “No que diz respeito às mortes no programa, acho que Sophia conseguiu um ótimo desfecho.”

The Walking Dead ainda não tem data para retornar com novos episódios.