Como o drama médico mais duradouro da TV, Grey’s Anatomy conta com uma alta rotatividade de atores. Alguns saíram porque a trama de seus personagens realmente havia chegado ao fim, outros por decisões próprias. Um exemplo é Sandra Oh, que deixou a série para assumir novos projetos.

Cristina Yang sempre foi uma das melhores cirurgiãs de Grey’s Anatomy, e deixou uma verdadeira lacuna na série após sua despedida.

A personagem de Sandra Oh é até hoje muito querida pelo público, principalmente por seu jeito sincero e ambicioso.


Após deixar Grey’s Anatomy, Sandra Oh não interpretou mais nenhuma médica no cinema ou TV. A atriz revelou o motivo em uma entrevista recente; confira abaixo!

Escolha pessoal

Em sua entrevista, Sandra Oh revelou que atores e atrizes costumam passar por fases em que são pedidos para interpretar o mesmo tipo de personagem.

“Como uma atriz, você meio que passa por ‘temporadas de coisas’. Na época em que eu participei de 10 Coisas Que Eu Odeio Em Você, muitos me pediam para fazer testes sempre para os papéis de professoras ou diretoras”, explicou a atriz.

A tendência continuou após Grey’s Anatomy, com estúdios procurando a atriz e a oferecendo apenas papéis de médicas ou cientistas.

“Eu tive que analisar muito bem a quantidade de médicas que aceitaria interpretar, para evitar ser associada a esse tipo de papel até o fim da minha carreira”, contou Oh.

Sandra Oh deixou Grey’s Anatomy em 2013 para enfrentar novos desafios e diversificar sua carreira. A atriz atualmente protagoniza a bem sucedida série Killing Eve, na qual interpreta uma agente especial em busca de uma perigosa serial killer.

“Cheguei em uma posição na minha carreira em que posso interpretar apenas personagens essenciais para a trama, que conduzem a narrativa e não podem ser cortados”, afirmou a atriz.

Grey’s Anatomy já foi renovada para a décima sétima temporada.