Daryl (Norman Reedus) é um dos poucos personagens do elenco original que permanecem em The Walking Dead. Apenas Carol (Melissa McBride) está há tanto tempo quanto o colega na série.

Introduzido no 3° episódio de The Walking Dead, logo Daryl se tornou um favorito dos fãs. Na 10ª temporada, o personagem começa a aparecer como grande protagonista.

O que ajuda nesse fator é que Rick Grimes (Andrew Lincoln) deixou The Walking Dead na 9ª temporada. Ao mesmo tempo, Michonne (Danai Gurira) encerrou a história dela, por hora, no 10° ano.


Esse, porém, não era o plano para Daryl em The Walking Dead. É claro que uma série não aposta ou imagina saídas de nomes importantes.

No mundo dos zumbis, Daryl tinha outro destino. Para sorte dos fãs, essa outra opção não funcionou para o personagem de The Walking Dead.

Destino alternativo de Daryl

Em The Walking Dead, Daryl aparece com um único objetivo. Ele queria encontrar o irmão dele, Merle (Michael Rooker).

No início, a relação dele com Rick e os sobreviventes não foi das melhores. Aos poucos, a amizade foi sendo criada e com a morte de Merle, Daryl se juntou de vez ao grupo.

Norman Reedus revelou ao CinemaBlend que o primeiro rascunho de The Walking Dead trazia um Daryl “rancoroso, viciado em drogas e racista”. Ao longo da 1ª temporada, o ator foi lutando para modificar o personagem.

O astro de The Walking Dead não queria essa construção. Norman Reedus afirmou que Daryl “deveria evoluir para ser alguém que você respeita”.

Se o personagem tivesse seguido a linha planejada, é difícil imaginar que Daryl iria fazer o mesmo sucesso. Não apenas isso, dificilmente o personagem ainda estaria em The Walking Dead na 10ª temporada.

The Walking Dead está em hiato. A série precisa exibir o capítulo final da 10ª temporada, adiado por causa do coronavírus (COVID-19).