Grey’s Anatomy alcança impressionante marca com final da 16ª temporada

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Se depender da audiência, Grey’s Anatomy continuará por bastante tempo. Nos Estados Unidos, a série médica ainda alcança grandes índices durante as exibições.

O Broadway World TV afirma que o capítulo final da 16ª temporada de Grey’s Anatomy foi visto por 16,5 milhões de pessoas nos Estados Unidos. O grupo é composto por espectadores da transmissão original e pelos que assistiram em reprises até 35 dias depois da primeira exibição.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A marca foi a melhor de Grey’s Anatomy desde a estreia da 16ª temporada. O fato prova como a série ainda é bastante popular.

Outro detalhe é que a série médica foi a atração mais assistida da ABC, emissora original de Grey’s Anatomy, durante a 16ª temporada. Com isso, a produção foi renovada para 17ª temporada.

Se não fosse o coronavírus (COVID-19), Grey’s Anatomy, quem sabe, poderia ter uma marca ainda maior.

Grey’s Anatomy foi cortada

O que acontece é que Grey’s Anatomy teve a temporada cortada. O motivo é a pandemia do coronavírus.

No lugar de 25 episódios, 21 capítulos tiveram que ser exibidos. A temporada completa não conseguiu ser gravada por causa da pandemia.

Isso alterou o final da 16ª temporada de Grey’s Anatomy. Além disso, pode ter mudado o destino de personagens.

A showrunner Krista Vernoff já garantiu que não usará os capítulos descartados no início da 17ª temporada. Além disso, histórias podem ser modificadas.

Na trama original, que não chegou a ser gravada, há rumores de que um personagem importante morreria. Por enquanto, os fãs não terão essa tristeza – ainda mais depois da saída de Alex Karev.

Grey’s Anatomy é exibida no Brasil pelo canal Sony.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio