Grey’s Anatomy tem uma má notícia para 17ª temporada

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O coronavírus (COVID-19) impactou diretamente Grey’s Anatomy. A 16ª temporada da série médica foi encerrada antes.

De 25 episódios que estavam programados, o ano terminou com a exibição de 21. Isso trouxe uma clara mudança para história.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Porém, Grey’s Anatomy pode acabar sofrendo mais com a pandemia. A 17ª temporada da série médica pode acabar sendo adiada.

Atualmente, a estreia dos novos episódios está marcada para ir ao ar em setembro deste ano. Porém, uma nova declaração da showrunner Krista Vernoff levantou a dúvida se Grey’s Anatomy vai conseguir cumprir o cronograma.

Com isso, a possibilidade da 17ª temporada de Grey’s Anatomy ser adiada é bastante real.

Possível atraso para 17ª temporada

Como revelado anteriormente, Krist Vernoff contou que o desenvolvimento da 17ª temporada não será afetado. A showrunner de Grey’s Anatomy terá reuniões virtuais (veja mais aqui).

Porém, outra declaração de Krista Vernoff deve ganhar mais atenção. Há uma indefinição sobre o início da produção.

Esse ponto é ligado diretamente com a pandemia. A principal orientação é o distanciamento social e as gravações de uma série contam com muitas pessoas.

“A esperança é que a gente comece quando geralmente começa, em julho. Mas, teremos que esperar para ver como tudo fica, obviamente”, declarou a chefe de Grey’s Anatomy.

Com essa indefinição, Grey’s Anatomy pode demorar mais do que o normal para voltar. Por enquanto, não há nada oficial.

No Brasil, Grey’s Anatomy é exibida pelo canal pago Sony.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio