A nova série de suspense da Netflix, Noite Adentro, está ganhando popularidade – em especial porque se parece com uma mistura de duas propriedades conhecidas da cultura pop.

Com seu enredo sinuoso, premissa de desastre de avião que virou desastre global e caracterização autêntica, a série tem muitas das mesmas características de outro programa de sucesso: Lost.

O drama de ficção científica de seis partes, disponível para streaming agora, segue um grupo de passageiros que embarcam em um voo noturno em direção ao oeste de Bruxelas para Moscou.


No que inicialmente parece ser um sequestro, à la Velocidade Máxima, o soldado italiano Terenzio (Stefano Cassetti) invade o avião, exigindo que decole imediatamente.

Logo se percebe que Terenzio não é o terrorista que os passageiros presumem ser, mas um dos únicos sobreviventes de um evento mortal em todo o mundo causado pela exposição à luz solar.

Premissa misteriosa

O misterioso fenômeno cósmico significa que “a luz do sol agora significa morte”. Revelando aos outros passageiros que ele está tentando salvar suas vidas, Terenzio aconselha que o avião deva seguir para o oeste rapidamente.

O que se segue a seguir é uma luta para superar o sol, enquanto o estranho evento causa estragos no mundo abaixo.

Inevitavelmente, aumentam as tensões entre os passageiros, que incluem Sylvie (Pauline Etienne) sofrendo um processo de luto, um jovem destinado a uma cirurgia que salva vidas em Moscou e uma influenciadora de mídia social.

Criado por Jason George, o seriado em francês é estrelado por Pauline Etienne, Laurent Capelluto e Stefano Cassetti.

Noite Adentro já está disponível na Netflix.