Os Simpsons previram 2020? Roteirista abre o jogo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Por mais bizarro e inexplicável que seja, Os Simpsons já previu vários acontecimentos futuros em seus episódios.

Agora, mais uma vez, o desenho parece ter adivinhado como seria a exatamente vida conturbada neste ano de 2020.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O escritor do desenho, Bill Oakley, admite que o programa basicamente  previu 2020 e não podemos contestá-lo.

Previsão?

“Marge in Chains”, um episódio da quarta temporada, ganhou destaque recentemente. O episódio vê uma “gripe de Osaka” atravessar a cidade e as pessoas da cidade surtarem.

Então, se isso não bastasse, um enxame de abelhas assassinas ataca a multidão, o que leva a um caos ainda maior.

Bem, com o surgimento de vespas assassinas no EUA durante a pandemia de coronavírus, o roteirista foi ao Twitter e admitiu que isso era estranho, mesmo para um programa que às vezes é profético.

Respondendo um post de um fã falando que Os Simpsons previu 2020, Oakley comentou: “Tudo bem, acho que previmos”.

Conforme observado por fãs, outro episódio, jáa temporada 10, chamado “Wild Barts Can’t Be Broken”, também parece falar especificamente da vida sob ordens para ficar em casa, que são cada vez mais comuns nos dias de hoje.

O episódio, que foi ao ar em 1999, começa com uma série de travessuras bêbadas de Homer que terminam com todas as crianças de Springfield presas a um toque de recolher.

No final do episódio, os idosos, que sempre votam em número recorde, promovem um toque de recolher que impede que pessoas acima de 70 anos de estarem fora de casa depois de escurecer.

Para marcar a ocasião, o apresentador de TV Kent Brockman transmite sua habitual transmissão noturna de sua casa, o que tem sido uma visão cada vez mais comum à medida que mais e mais âncoras transmitem de sua casa para evitar a propagação de coronavírus.

Os Simpsons vai ao ar no Brasil pelo canal pago FOX.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio