ALERTA DE SPOILERS

White Lines, série da Netflix do mesmo criador de La Casa de Papel, Álex Pina, tem uma pergunta central na 1ª temporada. Quem matou Axel?

A trama de White Lines é movimentada pelo mistério. Axel é um DJ britânico que se muda para Ibiza para tentar transformar a carreira.

Depois de 20 anos do desaparecimento dele, o corpo reaparece. Tudo indica que Axel foi assassinado.


Isso leva a irmã dele, Zoe, para Ibiza. Lá, a protagonista quer descobrir o que aconteceu com o irmão e quem o matou.

White Lines mostra que Zoe reencontra os amigos que foram com Axel para Ibiza. A protagonista também esteve lá quando adolescente e assim lembra de David, Anna e Marcus.

No começo, Zoe se reaproxima de Marcus, que era casado e teve duas filhas com Anna. Marcus se tornou um traficante, que compra drogas de Grigori e Yuri para vender a Andreu Calafat, dono de casas noturnas e um dos mais ricos de Ibiza.

Aos poucos, Zoe descobre que Axel também era ligado com os Calafat. Ele namorava a filha de Andreu, Kika, e ao mesmo tempo mantinha relações com Conchita, a esposa do empresário. Oriol, o irmão de Kika, também conhecia o DJ.

Logo, os membros da família se tornam os principais suspeitos do assassinato. Eles e Boxer, o chefe de segurança dos Calafat.

No entanto, White Lines traz muitas reviravoltas e nada parece o que realmente é.

O que acontece no final de White Lines?

De suspeito, Boxer se aproxima de Zoe para ajudá-la. Os dois também acabam tendo um caso. A história caminha, então, para outro rumo.

Ao se reaproximar de Marcus, Zoe decide se livrar da cocaína dele. O personagem foi proibido de entregar para os Calafat e deveria ter devolvido a droga para traficantes da Romênia.

Isso deixa Marcus com uma grande dívida com eles. Boxer, então, acaba ajudando o homem a matar Grigori e Yuri, que estavam o ameaçando.

Porém, isso leva a mais vingança. As viúvas dos homens procuram Marcus e outro traficante para saber quem matou Grigori e Yuri.

Marcus consegue mentir que não foi ele e o outro homem é morto. O personagem, que começa a namorar Kika, se aproxima de Andreu e tenta convencê-lo a entrar de vez no ramo das drogas de Ibiza.

Ao que parece, isso pode ser uma ponta solta se White Lines for renovada. Porque, na verdade, a história com o tráfico apenas afastou as suspeitas da verdadeira assassina.

De forma chocante, White Lines mostra que quem matou Axel foi Anna. Ela estava tendo relações com o DJ pelas costas de Marcus.

Axel, que se torna famoso, decide então vender os clubes e os direitos das músicas dele para Oriol, por um valor pequeno, por achar que ele e os seus amigos se tornaram pessoas ruins em Ibiza.

Na noite da morte dele, Anna se aproxima para ter relações com ele mais uma vez. Nesse momento, Axel conta que ainda queimou o dinheiro deles e que eles deveriam recomeçar.

Mas, essa não foi a motivação. Axel pede que Anna conte a verdade para Marcus, se não ele contaria. Anna fica com medo de perder Marcus e tenta matar o DJ.

Marcus encontra os dois e Anna diz que afogou Axel por causa do dinheiro. Porém, quando os dois estavam enterrando a vítima, ele recuperou a consciência. Anna, na frente de Marcus, definitivamente o mata com uma chave de fenda.

No fim, porém, Anna não é presa. Muitos espectadores ficaram com dúvida sobre isso. Na série é explicado que um assassinato expira após 20 anos se o caso não for solucionado.

Assim, a solução do crime serve mais para Zoe seguir a vida dela.

White Lines está disponível na Netflix. A plataforma não conta se renovará a série.