Embora as produções de ambas as entidades estejam tecnicamente sob a bandeira do Universo Cinematográfico Marvel, não é segredo que existe uma divisão entre a Marvel Studios e a Marvel Television (que agora está efetivamente extinta).

Isso é especialmente evidente em Agents of S.H.I.E.L.D. – que ativamente se vinculou ao MCU principal nas primeiras temporadas, antes de se divorciar mais ou menos dos filmes e de seus eventos nas posteriores.

No entanto, agente de longa data da S.H.I.E.L.D., ator Clark Gregg – que interpreta Phil Coulson – acredita que essa divisão realmente beneficiou o show de forma criativa a longo prazo.


Benefícios

Em uma entrevista à Variety, Gregg fez alusão à Marvel Studios e à divergência da Marvel Television.

Foi perguntado ao ator se ele sentia falta da conexão entre os dois, ou se ele gostava de não ter mais que se preocupar em manter os eventos do programa congruentes com os dos filmes.

“Acho que sim e não. Quando você olha para a 1ª temporada e vê como ela atravessou a Hydra e tirou as algemas de nossos pobres escritores, quando Sam [Jackson] e Cobie Smulders vieram jogar – eu pensei que era realmente emocionante.

Sinto falta dessa parte, mas também senti que Agents of SHIELD realmente continuou a evoluir. E quando chegou a quarta temporada, havia três linhas de histórias separadas.

Eu pensei que isso é o que acontece quando esses escritores corajosos não estão muito ligados a tudo isso – eles realmente acabam com tudo e começam com um novo canto do Universo Marvel a cada temporada, às vezes duas ou três vezes em uma temporada.”

Os episódios de Agents of SHIELD estão disponíveis no Brasil através da Netflix.