Com as produções em séries de televisão interrompidas por semanas devido a pandemia de coronavírus em andamento, os programas da Warner Bros Television tiveram programações alteradas pelo restante de suas temporada atuais.

Como muitos deles não concluíram suas seasons finales – como The Flash e Supergirl por exemplo – outros episódios precisam servir como encerramento, causando mudanças na história enquanto tudo permanece em espera.

Parece que, quando as produções forem retomadas, as coisas serão distintas. Executivos de televisão disseram que as cenas de luta, entre outros elementos, serão muito diferentes daqui para frente.


Menos ação?

Em uma teleconferência com showrunners, produtores executivos e produtores, os presidentes da Warner Bros Television, Susan Rovner e Brett Paul, abordaram o plano geral do estúdio sobre os preparativos para voltarem as produções.

Embora qualquer plano seja contingente aos requisitos locais, as medidas de segurança são uma grande preocupação – o que significa que cenas corpo a corpo serão impactadas.

Paul especificou principalmente as cenas de luta, observando que momentos de “mão com mão, cara a cara, exigindo contato físico” provavelmente não acontecerão com frequência.

“Agora queremos ser bem claros, ninguém está ditando que o Flash agora deve derrubar bandidos do seu quarto via Zoom.

Seria um episódio terrível. Mas estamos dizendo que haverá desafios muito reais pela frente, e isso não é normal como de costume”.

The Flash e Supergirl são exibidos no Brasil pelo canal pago Warner.