O grande universo de Pokémon esconde alguns segredos e algumas tristes curiosidades. Uma delas foi revelada no anime Pokémon – A série: Sol e Lua.

Os fãs podem ter uma noção diferente sobre as mortes no anime. Para muitos, os pokémon só morrem nos campos de batalha.

Porém, o episódio 21 desse anime, com o título One Journey Ends, Another Begins, traz uma chocante revelação. Os pokémon podem morrer de outras formas – o que quebra o coração dos fãs.


No capítulo, Ash encontra um Stoutland. O personagem percebe que a criatura não está bem, então o leva para um centro de recuperação.

Após os exames, a enfermeira Joy tem uma triste notícia. O caso do Stoutland também traz a revelação aos fãs.

O triste caso de Pokémon

Ao ver o pokémon, a enfermeira Joy diz que nada pode ser feito. O Stoutland estava chegando ao fim da vida dele de forma natural.

Com esse diagnóstico, o anime confirma que os pokémon também têm uma expectativa de vida. Sem ferimentos ou doenças, o Stoutland tem até a morte confirmada no capítulo.

O que deixou todos mais tristes é que um Litten chorou ao ver a despedida do amigo. A conexão entre as criaturas faz os fãs repensarem sobre as mesmas ligações da vida real que são perdidas em situações como essa.

Essa morte foi a primeira do anime por causas naturais. Apesar do caso, Pokémon não revelou qual era a idade do monstrinho e como isso afeta a vida de diferentes espécies.

No Brasil, a amada franquia volta na TV com Jornadas Pokémon: A Série. O anime coloca Ash com um novo protagonista, Goh.

Jornadas Pokémon: A Série será exibida no Cartoon Network e deve chegar ainda em 2020.

Enquanto isso, Pokémon – A Série: Sol e Lua tem duas temporadas na Netflix.