Michael Rooker, o Merle de The Walking Dead, refletiu sobre seu período na série. Desde então, o ator atuou como Yondu nos dois filmes dos Guardiões da Galáxia, da Marvel.

Rooker deixou The Walking Dead em sua terceira temporada, quando seu personagem morreu durante o arco do Governador.

“Basicamente são três anos de trabalho, e eles se seguraram na segunda temporada. Não tenho certeza se a AMC sabia o que fazer com o personagem”, disse o ator ao Syfy Wire.


“Eles seguraram e seguraram, e o momento que voltei, na sequência em que o personagem de Norman [Reedus] cai na ravina e eu acabo sendo seu anjo da guarda, que vai até ele e o antagoniza o suficiente para ele se forçar a se levantar e escalar”, continuou Rooker.

“Foi uma maneira linda de trazer o personagem de volta”, concluiu o ator de The Walking Dead e da Marvel.

Ganhou mais na Marvel

Durante a Wales Comic Con, que aconteceu antes da epidemia do novo coronavírus, o ator da Marvel conversou sobre sua morte em The Walking Dead.

“Gostei de não ter continuado”, confessou Rooker. “Ganhei mais dinheiro com os Guardiões da Galáxia”, disse o ator sobre seu papel como o alienígena espacial de pele azul da Marvel, Yondu.

“Em The Walking Dead, eles eram baratos. A AMC era muito barata. É provavelmente por isso que eles me mataram, porque sabiam que eu receberia mais dinheiro na próxima temporada”.

Atualmente, The Walking Dead encontra-se em sua décima temporada.

A série está com exibição interrompida em razão da pandemia de COVID-19, mas deve retornar ainda em 2020.