James Spader é mais conhecida como o Red para os fãs de The Blacklist. A série chegou a marca de 150 episódios com a 7ª temporada.

Com a marca incrível, o astro se disse “cansado” de estrelar de The Blacklist. Porém, os fãs não precisam se preocupar.

Ao mesmo tempo, James Spader garante que está “empolgado” com o que acontecerá ainda na série criminal. Para o TV Guide, o astro contou como se mantém inspirado para trabalhar em The Blacklist.


“Eu costumava me sentir muito sobrecarregado e ainda continuo um pouco antes da temporada, parece que me preparo para uma corrida longa. Para mim, o trabalho de um ator é realmente lidar com pequenos incrementos. Muito do meu foco tem sido esse, de abrir essa porta”, comentou o protagonista.

O ator mostrou realmente que pode ser uma boa estratégia trabalhar com um passo de cada vez. Isso também pode explicar o sucesso de The Blacklist.

Atriz ficou pressionada em The Blacklist

Uma curiosidade é que James Spader, um veterano de Hollywood, se tornou uma espécie de pressão para a co-estrela, Megan Boone. A própria atriz comentou isso ao TV Guide.

Assim como a personagem dela na 1ª temporada, Megan se sentia uma iniciante ao lado de um veterano.

“Foi um período que foi incerto e intenso”, relembrou a famosa, que também se sentiu pressionada pelas críticas nas redes sociais. “Estava acreditando na mídia e nas redes sociais, em uma época em que mulheres recebiam críticas exageradas, ao contrário dos homens”, completou a atriz.

The Blacklist está renovada para 8ª temporada, que ainda não tem previsão de estreia.

“Após se entregar à polícia, um brilhante fugitivo oferece ajuda ao FBI, mas apenas se a novata Elizabeth Keen for sua parceira”, diz a sinopse oficial de The Blacklist.

No Brasil, 6 temporadas de The Blacklist estão disponíveis na Netflix.