Vikings está chegando ao fim, e fãs já estão se preparando para a última despedida e o desfecho da história épica dos filhos de Ragnar. Como uma das séries históricas mais influentes de todos os tempos, Vikings vai com certeza deixar saudades.

A temporada final de Vikings está atualmente em hiato, e terá 20 episódios para fechar todas as tramas da série, sendo divididos em duas partes.

Mesmo deixando Vikings na quarta temporada, Ragnar continua sendo até hoje o personagem mais popular da série. Seu legado e influência permanecem até hoje nas tramas da reta final.


A cena da morte de Ragnar foi uma das mais icônicas de Vikings, mas poucos fãs sabem que sua gravação foi marcada por algo no mínimo desconfortável.

Confira abaixo!

O que aconteceu?

Na quarta temporada de Vikings, a trama de Ragnar finalmente chegou a seu ápice. O protagonista foi capturado pelas forças do Rei Aelle, e executado em um poço repleto de víboras.

Ragnar enfrentou a morte de frente, no que se caracterizou como uma das cenas mais memoráveis da série.

O que muita gente não sabe é que serpentes reais foram usadas na gravação da cena, e que o intérprete do protagonista teve que lidar com as criaturas rastejantes.

Em uma entrevista feita pouco tempo depois da morte de Ragnar, Travis Fimmel foi perguntado se encontrou muitos problemas para gravar com os répteis. O ator foi sincero em sua resposta.

“Não tive muitos problemas, sério mesmo. No entanto, eu fiquei coberto de cocô de cobra no final. Também levei algumas mordidas, mas deu tudo certo. O mais irritante foi o cocô mesmo”, contou o ator.

Travis Fimmel deixou Vikings na quarta temporada. Os episódios finais da sexta temporada chegam ainda este ano.