The Walking Dead já acabou nas HQs, mas tudo indica que a série ainda continuará na ativa na TV por muito tempo. Renovada para mais uma temporada e com filmes e derivados em produção, o mundo dos zumbis não deve deixar a TV tão cedo.

Enquanto o episódio final da décima temporada de The Walking Dead não é exibido, já que foi adiado devido à pandemia do coronavírus, fãs querem saber o que aconteceu com vários personagens.

Uma das tramas mais interessantes dos episódios atuais de The Walking Dead é a dos Sussurradores, que deve terminar com a grande guerra entre as comunidades e dar lugar à introdução da poderosa e influente Commonwealth.


Lauren Cohen deixou The Walking Dead para se dedicar a outros projetos, mas deve retornar em breve. Confira abaixo a cena que quase fez a intérprete de Maggie desistir da série!

Cena chocante

A cena que quase fez Lauren Cohan abandonar The Walking Dead aconteceu na terceira temporada.

No momento em questão, Maggie performa uma cesariana improvisada em Lori, a esposa de Rick. Carl, o filho mais velho do casal, assiste todo o procedimento.

A atriz contou que essa cena específica mexe com suas emoções e toca em aspectos difíceis da vida de uma mulher.

Após ler o roteiro, Cohan foi ao trailer do colega de elenco Steven Yeun, o intérprete de Glenn, para contar seu receio com a gravação da cena.

“Eu bati na porta do Steven e disse: Tenho que deixar essa série. Não acredito que consigo fazer isso. Essa cena me afetou muito, no núcleo do meu ser. Por isso, não gostei de me aprofundar nesse material”, explicou a atriz.

Cohan também contou o motivo de ter mudado de opinião e continuado na série.

“Então eu percebi que o que me deixava incomodada era exatamente o que eu precisava de fazer. Coisas assim acontecem no mundo real, então por que nós não mostraríamos esses aspectos da vida na série”, contou a intérprete de Maggie.

Maggie vai retornar em breve para a trama de The Walking Dead. O episódio final da décima temporada deve ser exibido ainda neste ano.