Sandra Oh terminou a jornada dela em Grey’s Anatomy como Cristina Yang. Porém, a atriz ainda é uma das mais amadas pelos fãs da série.

Após o drama médico, Sandra Oh se estabeleceu em Killing Eve. Na série, voltou a ganhar bastante destaque em Hollywood.

Porém, em uma entrevista para Vanity Fair, a atriz de Grey’s Anatomy fez um aparente desabafo sobre a série. O tema é o salário.


Em 2018, a protagonista Ellen Pompeo conseguiu um aumento salarial para mais de US$ 20 milhões ao ano. Sandra Oh foi questionada sobre o assunto e se mostrou feliz pela colega.

“Eu totalmente entendo e lembro da luta dela. É realmente bom que ela sente o ciclo completo sobre isso. Que ela se sente bem”, declarou a famosa.

Porém, ao tratar sobre o próprio salário no tempo que esteve na série, Sandra Oh não se mostrou completamente satisfeita.

Questão “complicada”

Na entrevista, Sandra Oh definiu a negociação salarial em Grey’s Anatomy como “complicada”. A atriz deu a entender que a situação era bem diferente da de Ellen Pompeo.

“Eu não vejo da mesma forma a minha experiência. É complicado, sabe o que quero dizer?”, destacou a atriz de Grey’s Anatomy.

Para esclarecer a situação, a famosa citou o filme Rashômon. O longa de 1950 se tornou um provérbio para conceituar situações em que a verdade é difícil de ser alcançada porque cada envolvido tem uma opinião.

“A melhor resposta é Rashômon”, concluiu a atriz.

Grey’s Anatomy está renovada para 17ª temporada. No Brasil, a série é exibida no canal Sony.