Um dos pontos altos de Mad Men é a forma como a verdadeira identidade de Don Draper foi construída ao longo dos anos. Ironicamente, Os Simpsons trouxe um arco similar para o diretor Skinner, dez anos antes da série da AMC, e foi severamente criticado por isso.

No penúltimo episódio da primeira temporada de Mad Men, Nixon vs Kennedy, é confirmado que o verdadeiro nome de Don Draper é Dick Whitman. Ele lutou na guerra da Coréia e assumiu o nome do seu tenente após sua morte, conseguindo escapar da guerra.

Em Os Simpsons vemos algo parecido, no episódio The Principal and the Pauper, no qual é revelado que o diretor Skinner também roubou a identidade de seu comandante durante a guerra do Vietnã.


Essa revelação foi fortemente criticada e muitos consideram esse ser o ponto em que Os Simpsons começa a piorar. O próprio criador da série considerou o episódio um erro, enquanto que o dublador de Skinner disse que foi desrespeitoso com os fãs.

Diferentes abordagens

O grande problema do episódio de Os Simpsons é que o capítulo parece mudar muitas das coisas que tornaram Skinner um personagem memorável ao longo dos anos.

Para piorar, os moradores de Springfield decidem ignorar essa descoberta no fim, fazendo com que o episódio basicamente seja inútil.

Já em Mad Men, essa revelação é construída ao longo da primeira temporada e continua a ser explorada com o decorrer da série, acrescentando não só boas doses de mistério a Don Draper, como ajudando o personagem a ser aprofundado.

Assim sendo, enquanto Os Simpsons simplificou seu personagem, Mad Men garantiu a eles mais camadas.

Não por acaso Mad Men é uma das melhores séries de todos os tempos.