Alerta de spoilers

Baseada no filme de mesmo nome dirigido por Bong Joon Ho – agora mais conhecido por dirigir Parasita – a série da Netflix, Expresso do Amanhã, fez algo que o longa-metragem original não conseguiu.

Expresso do Amanhã realizou duas revoluções simultâneas no trem Snowpiercer. Não somente uma rebelião vem se formando nas partes mais traseiras do trem, onde 400 passageiros clandestinos vivem, planejando tomar controle da automotiva, como uma segunda insurreição vem se formando na primeira classe, dentre a elite.

Ali vemos a família Folger planejando tomar o poder, tirando o controle do Snowpiercer de Melanie Cavill (Jennifer Connelly).


No quinto episódio de Expresso do Amanhã, que marca a metade da temporada, vemos o julgamento de L.J. Folger (Annalise Basso), filha de Robert (Vincent Gale) e Lilah Folger (Kerry O’Malley). L.J. estava por trás dos assassinatos cometidos pelo seu guarda-costas, Erik (Matt Murray). Situação que cria ainda mais instabilidade no local.

Revolução no trem

Melanie está ciente da situação atual no trem, especialmente nas seções traseiras. Ela, no entanto, sente-se mais ameaçada pelo que está acontecendo nas partes dianteiras do Snowpiercer.

Os Folgers estão usando sua situação privilegiada para criar novas alianças, inclusive com o comandante Grey (Timothy V. Murphy), chefe da força militar, os Jackboots.

Também do lado da Primeira Classe está Ruth Wardell (Alison Wright), que realmente acredita no Sr. Wilford e que acredita que as ações de Melanie vão de encontro com a ordem perfeita de Wilford.

Resta aguardar para saber como toda essa situação vai se desenrolar nas próximas semanas. Afinal, ainda resta metade da temporada de Expresso do Amanhã a ser disponibilizada na Netflix.

O Expresso do Amanhã está disponível na Netflix, com episódios lançados todas segundas.