Quando Fuller House foi lançado como uma continuação direta de Três é Demais, muitas pessoas esperavam o retorno também da personagem Michelle, interpretada na época pelas gêmeas Mary-Kate e Ashley Olsen.

Contudo, apesar de várias tentativas da produção de conseguir a participação de uma ou ambas as atrizes no programa, elas não ficaram interessadas. Ashley não mostrou nenhuma vontade de voltar ao papel e Mary-Kate chegou a considerar, mas acabou desistindo.

Como a personagem era uma das queridinhas da série original e todos notaram que ela não estava, Fuller House decidiu usar a ausência dela como uma piada pronta em alguns momentos durante as temporadas.


No penúltimo episódio, por exemplo, houve a última alfinetada quando Kimmy (Andrea Barber), DJ (Candace Cameron-Bure) e Stephanie (Jodie Sweetin) encontraram a antiga bicicleta usada por Michelle. Kimmy menciona que deveriam se livrar do item, porque se Michelle ainda não havia ido buscar, ela não apareceria — tudo enquanto olhava diretamente para a câmera.

Andrea Barber defendeu essas piadas durante entrevista com a TV Line. “Michelle ganha uma alfinetada por temporada, pelo menos, então tínhamos que fazer uma última vez. Não é para ser cruel, obviamente. É tudo de boa, nós tiramos sarro de todo mundo”.

Fuller House

Atriz se decepciona com cancelamento da série

Fuller House esteve no ar durante cinco temporadas até seu cancelamento pela Netflix. Segundo a atriz Candace Cameron Bure, o elenco não foi informado com clareza a razão por trás do fim.

A intérprete de DJ disse estar triste com o término e com o fato de que algumas personagens não terão mais desenvolvimento. Todo o elenco estaria animado para mais uma temporada, se fosse possível.

Todas as temporadas de Fuller House estão disponíveis na Netflix.