A série Dark, uma produção da Alemanha, é uma das mais populares da Netflix na atualidade.

Com assinantes do serviço de streaming, já venceu até uma enquete de “melhor série original da Netflix”. E agora, para a tristeza dos fãs, está chegando ao fim com uma terceira temporada.

A grande pergunta é: o fim de Dark realmente é bom ou é decepcionante como o de tantas outras séries famosas?


Os críticos acreditam que a primeira opção é a que melhor se encaixa nesse caso. Internacionalmente, algumas críticas já foram liberadas por veículos de imprensa e elas são bem positivas.

O Radio Times escreveu uma resenha positiva, chamando a terceira temporada de “hipnotizante” e “emocionante”.

Elogios da crítica

No entanto, também alertou aos fãs que precisam prestar muita atenção nos detalhes. Afinal, parece que a terceira temporada de Dark também pode ser a mais “confusa” de todas.

O Tell-Tale TV concordou com essa opinião positiva, escrevendo: “Esses oito episódios são uma conclusão fantástica para Dark, e os co-criadores Jantje Friese e Baran bo Odar conseguiram fechar brilhantemente seu ciclo de contar histórias de maneira dramática e emocional.”

O Inverse foi até além nos elogios. O site chamou a terceira temporada de Dark de “talvez o melhor encerramento para uma série de ficção científica da história”.

Resta saber se o grande público vai apresentar uma recepção tão positiva quanto essa da crítica.

Dark foi criada por Jantje Friese e Baran bo Odar. A terceira e última temporada estreia em 27 de junho na Netflix.