Vikings está chegando ao fim, e fãs já estão se preparando para a última despedida e o desfecho da história épica dos filhos de Ragnar. Como uma das séries históricas mais influentes de todos os tempos, Vikings vai com certeza deixar saudades.

A temporada final de Vikings está atualmente em hiato, e terá 20 episódios para fechar todas as tramas da série, sendo divididos em duas partes.

Na segunda temporada de, Vikings, a série introduziu a Rainha Kwenthrith, uma sedutora e influente nobre que conta com a ajuda de Ragnar e seus guerreiros, por intermédio do Rei Ecbert, para tomar seu reino de volta.


Quando a Rainha deu a luz ao filho Magnus, muitos acharam que o novo personagem era um herdeiro perdido de Ragnar. A série fez um ótimo trabalho ao manter o mistério, e Magnus acabou morrendo sem abordar de maneira completa sua descendência.

Mas afinal de contas, Magnus era ou não filho de Ragnar? Confira abaixo!

Teorias

Devido aos abusos cometidos pelo tio e outros homens em sua infância, Kwenthrith desenvolveu uma relação extremamente problemática com o sexo. Decidida a nunca mais ser submissa, ela se tornou a dominadora em todas as relações.

Por isso, a personagem acaba se envolvendo com várias figuras de Vikings, e Ragnar não é uma exceção.

Em uma entrevista recente a um canal do youtube, a atriz Amy Bailey revelou o motivo da série ter optado por cortar suas cenas íntimas com o personagem de Travis Fimmel.

“Fui eu que convenci a produção a cortar a minha cena de sexo com o Travis. Sempre achei que seria mais interessante se o público não soubesse realmente se o Magnus era filho dele”, afirmou a atriz.

Ou seja: existe a confirmação de que Ragnar e a Rainha realmente fizeram sexo.

Em um papo com um podcast, Bailey falou mais uma vez sobre Magnus e a possibilidade do personagem ser filho de Ragnar. Uma teoria foi sugerida pela apresentadora do podcast, e Amy Bailey deu sua honesta opinião.

“Eu quero contar a minha teoria sobre o Ragnar e o Magnus! Para mim, o Magnus é realmente filho dele, e não foi reconhecido apenas para sua própria proteção”, afirmou a apresentadora.

“Você pode estar certa! É uma teoria muito boa e interessante”, afirmou a atriz.

Vikings retorna em 2020.