Uma das mortes mais trágicas de The Walking Dead foi a de Carl, principalmente pelo fato do personagem ser tão importante nas HQs que inspiraram série, que foram criadas por Robert Kirkman e chegaram ao fim em 2019.

Na série, o personagem de Chandler Riggs é infectado por um zumbi e morre após se despedir dos entes queridos. Nas HQs, o personagem é um dos últimos sobreviventes do grupo original, e o capítulo final da saga é contado sob sua perspectiva.

A decisão de matar Carl foi tomada exclusivamente pelos roteiristas e showrunners de The Walking Dead, já que o ator Chandler Riggs ainda tinha a intenção de continuar na série até seu final natural.


A decisão dos roteiristas pegou fãs e elenco de surpresa, e o pai de Riggs usou as redes sociais para protestar contra a morte de Carl. Confira abaixo!

Morte polêmica

Do momento em que ele conforta o pai em um colapso mental à chocante cena em que leva um tiro no olho, Carl sempre foi uma testemunha importante das histórias mais icônicas de The Walking Dead.

Carl se desenvolve, mentalmente e fisicamente. De um garoto tímido, medroso e descuidado, o personagem se torna um grande sobrevivente, que consegue equilibrar a crueldade do novo mundo com um coração bom e caridoso.

O arco do personagem mostra perfeitamente o que pode acontecer com alguém que crescem em meio a massacres e grandes atos de violência.

Por isso mesmo, a morte do personagem foi tão surpreendente. William Riggs, pai de Chandler Riggs usou o Facebook em fevereiro de 2019 para denunciar o showrunner Scott Gimple por supostamente “enganar” o filho.

“Estávamos no meio de junho, o aniversário de 18 anos dele estava chegando em poucas semanas. 5 episódios já haviam sido filmados, e os produtores pediram que eu e minha esposa participassem de uma reunião com o Chandler, o que foi um pouco estranho. Fiquei nervoso, mas o empresário dele me garantiu que isso era parte do cronograma de gravações. Scott Gimple era o único que estava lá, e nos contou que o Carl morreria nos próximos episódios. Chandler ficou completamente devastado. Eu fiquei desapontado com o Scott, já que ele foi desonesto com um adolescente de 17 anos”, escreveu o pai de Chandler Riggs.

De acordo com William Riggs, Scott Gimple havia prometido que Carl ainda permaneceria em The Walking Dead por um bom tempo, e que Chandler Riggs poderia filmar a série enquanto iniciava cursos em uma universidade.

Carl Grimes morreu no nono episódio da oitava temporada de The Walking Dead.