Contém spoilers!

Por que Chicago P.D. matou Alvin Olinsky? Essa é a pergunta que os fãs têm feito desde que soubemos que Olinsky havia morrido por causa de uma facada no final da quarta temporada de Chicago P.D.

O produtor de Chicago P.D., Rick Eid, falou sobre a morte e revelou que os roteiristas decidiram retirar Olinsky do programa – o ator Elias Koteas não escolheu sair.

Eles achavam que a morte de Olinsky era um final apropriado para o enredo de uma temporada entre Hank Voight (Jason Beghe) e Denny Woods (ator convidado Mykelti Williamson), que havia conseguido envolver Olinsky.


Morte surpreendente

“Foi uma decisão que evoluiu organicamente a partir da história em andamento entre Voight e Woods”, disse Eid ao TV Line.

“Os escritores e eu voltamos à ideia de que a decisão de Voight de matar Bingham deveria custar-lhe alguma coisa.”

“Com o tempo, chegamos à noção de que Olinsky deveria ser a pessoa a pagar pelo pecado de Voight porque ele o admirava e amava muito.”

Eid também falou sobre como Elias Koteas reagiu à notícia de ter sido eliminado do seriado e como foi difícil para eles se despedirem.

“Elias é um ator fantástico e uma boa pessoa. Ele também tem sido uma parte importante do programa desde o início”, continuou ele.

“Então essa parte do processo foi realmente desafiadora.”

“Mas Elias lidou com as notícias como um verdadeiro profissional e permaneceu comprometido com o seriado e seu personagem até o momento final. Sentiremos sua falta.”

No Brasil, Chicago P.D. é exibida pela Universal TV.